27 de agosto de 2008

Patrick Dewaëre

Patrick Dewaëre nasceu em Saint-Brieuc em 26 de janeiro de 1947 e morreu em 16 de julho de 1982 em Paris. Considerado o mais brilhante ator de sua geração, também fez incursões memoraveis na carreira musical.

Como seus irmãos, usou o sobrenome Maurin até 1967. Soube aos 17 anos que era filho de um amante de sua mãe - o artista lírico e chefe de orquestra Michel Têtard. Por parte de sua mãe, é irão dos atores: Domínica Maurin-Colignon, Yves-Marie Maurin, Marie-Véronique Maurin, Jean-François Vlerick e Jean-Pierre Maurin.

Fureur de vivre, um de seus filmes de maior sucesso, é ainda hoje uma referência às gerações de atores que o sucederam. Seu jeito expressivo de intepretar foram considerados inventivos e surpreendentes para a época.
Fez suas primeiras aparições em séries de TV aos 4 anos de idade - período foi particularmente tumultuado para Dewaëre, devido a competição artística com seus irmãos, os “pequenos Maurin”, como eram conhecidos na época. Após cerca de 30 de peças de teatro e filmes para a TV, decide se afastar da familia - resultado de uma reunião familiar na qual decidem pela sua exclusão da herança da mãe. Adota então o nome de sua avó, nome sob o qual se tornou célebre (apesar do pequeno erro tipografico que se perpetuou: o nome da avó era Devaëre). Aproveita os acontecimentos de maio de 68 para encontrar atores alternativos. Compartilharia os balcões dos cafés parisienses com Coluche, Henri Guybet, Martin Lamotte, Renaud, e sua primeira esposa Sotha com quem se casa em 26 de julho de 1968.

Revela-se ao grande público em Les Valseuses de Bertrand Blier, filme de 1974, onde aparece ao lado de Gérard Depardieu e Miou-Miou - com quem vive um romance intenso durante as filmagens até que ela acaba seduzida por Julien Clerc durante as gravações do filme F comme Fairbanks. Da sua relação com Miou-Miou nasce Angela, em 13 de agosto de 1974.

Com sua carreira esta em alta, Dewaëre passa a sofrer nas mãos da imprensa - Patrice Nussac, um amigo jornalista, faz revelações sobre seus problemas sentimentais. Após agredir Nussac, o ator passa a ser boicotado pela imprensa de forma até hoje sem precedentes na França. Os produtores então começam a criar reservas a Dewaëre. Nessa mesma época, sua nova companheira Elsa, com que tinha dois filhos, deixa-o para viver com seu melhor amigo Coluche.

Em 16 de julho de 1982 Patrick Dewaëre se suicida em sua casa em Paris com um tiro de rifle - ironicamente, presente de Coluche. Aos 35 anos de idade, havia realizado 36 filmes. O suicidio seria motivado por um telefonema de Elsa, dizendo que ele jamais voltaria a ver sua filha mais nova Lola. Em 2007, a propria Lola confirmou a acalorada conversa telefônica entre seus pais momentos antes da morte de Dewaëare.

Abaixo, uma cena de Dewaër no filme Un mauvais fils.

video

Nenhum comentário: