26 de março de 2009

Paris e o esporte cotidiano

Chega quase a ser um clichê dizer que no geral os franceses, tanto homens quanto mulheres, são magros no melhor estilo saúde 10 x banha 0. E muito já foi dito e escrito sobre isso. Mas em minha opinião, um dos fatores que contribuem para a boa forma da população francesa é a prática do esporte. Não é preciso passar muito tempo em Paris para perceber que aqui o pessoal leva o esporte a sério.

Nós brasileiros estamos acostumados a ver o futebol reinar soberano em nosso país - normalmente o primeiro brinquedo de qualquer brasileirinho é a bola. Mas comparado ao futebol, acredito que são poucos os que praticam ou acompanham outros esportes no Brasil.

Paris, a cidade plana e cheia de verde é ideal para o jogging.

Em Paris, ao contrário, o futebol é apenas um dos inúmeros esportes praticados pela população. Não é raro vermos por aqui as pessoas praticando esportes que no Brasil só ouvimos falar em época de Jogos Olímpicos. Além disso, o parisiense médio não se limita a um único esporte e mesmo as crianças usufruem do esporte como uma saudável atividade de rotina. Claro que aqui também tem os adeptos do videogame - mas digamos que, na média geral, os esportistas prevalecem como maioria.

Nem só de Bateaux-Mouches vive o Sena: nos finais de semana os remadores também praticam seu esporte no rio. O centro esportivo de remo fica na Île de Puteaux, próximo a La Défense - e vale a visita.

E o que ajuda a favorecer a esportividade dos parisienses são as inúmeras áreas verdes da cidade usadas em atividades ao ar livre, a existência de diversos centros públicos de treinamento de excelência e a própria tradição familiar. Vale lembrar que diversos medalhistas olímpicos franceses utilizam a infra-estrutura de ginásios públicos em toda a França para realizarem seus treinamentos. O quê Joãozinho? Você também quer usar a infra-estrutura esportiva da cidade? Não tem problema, faça assim ó...

O que você faz como esporte? Nada? Pois a cidade de Paris dispõe de 37 piscinas públicas - na média são praticamente 2 por arrondissement. O uso das piscinas custa 3,00€ em tarifa avulsa, mas você pode comprar um carnê com 10 entradas ao preço de 24,00€. Nas piscinas municipais também têm aulas de natação. Para localizar (e ver como são) as piscinas municipais mais próximas de você no portal oficial da cidade de Paris, clique aqui. Nessa página do site você também encontra o detalhamento das tarifas, as condições de uso e as informações práticas para o acesso. Um bom número delas abre inclusive à noite ao menos uma vez por semana - o que é uma boa para quem vive e trabalha na cidade.

Na foto, a piscina municipal Suzanne Berlioux em Les Hales

Para quem gosta de tênis também é muito fácil, prático e barato alugar uma boa quadra na cidade. A reserva é feita pela internet e o site conta com um eficiente sistema de busca de quadras por arrondissement. Para reservar uma das 150 quadras dos 43 centros de treinamento municipal de Paris você precisa apenas se inscrever no site para registrar sua senha, verificar a disponibilidade das quadras no arrondissement e horário de sua conveniência, e quando chegar a hora de dar as suas raquetadas pagar uma tarifa de 7,50€ por hora nas quadras descobertas ou 14,00€ nas quadras cobertas. Também tem desconto para quem adquirir o carnê com 10 horas de acesso. Se por algum motivo a sua partida “furar” não se esqueça apenas de cancelar sua reserva pelo site. Para se inscrever ou reservar uma quadra, clique em Paris Tennis.

As quadras que ficam no Jardin du Luxembourg também fazem parte do programa Paris Tennis da prefeitura.

Além do tênis e da natação, uma ampla variedade de esportes dispõe de centros de treinamento municipal para uso público. Para saber mais como utilizar a infra-estrutura municipal de outros esportes, clique aqui.

E claro que o comércio acompanha (e muito bem) esse interesse dos parisienses pelo esporte. Existem diversas unidades das mega lojas de artigos esportivos GO Sport e Decathlon espalhadas pela cidade. Nelas podemos encontrar de tudo: desde uma simples bola de ping-pong até equipamentos de snow board. Roupas e equipamentos para os praticantes de todos os esportes, independente do tamanho do orçamento. E se vale a dica, as roupas e equipamentos da marca própria da GO Sport são muito bons e custam pouco - as vezes tão pouco que não acreditamos no preço da etiqueta. Portanto, se você decidir emendar um roteiro esportivo à sua temporada parisiense ou praticar um esporte inédito para você apenas para “ver qual é”, pode comprar roupas e artigos esportivos de boa qualidade sem ter que recorrer às grandes marcas, economizando assim um bom dinheiro.

Eu não disse? Além de ter de tudo, na GO Sport promoções como essas são freqüentes. Produtos de qualidade a preços camaradas.

Os esportes outdoor também estão bem representados por aqui. Nesse caso, gosto particularmente de duas lojas: a primeira é a Andaska. Localizada na Cour Saint-Emilion de Bercy Village, essa loja super completa com mais de 900m2 tem de tudo para os esportes ao ar livre, independente se o seu ambiente é montanha, neve, terra ou água. Procurando por livros com a biografia dos grandes exploradores polares ou de alpinistas que gravaram seus nomes no topo do mundo? Na Andaska você também encontra. Tem tanta coisa bacana e diferente na Andaska que dá para perder a noção do tempo dentro da loja. Outra loja bacana de esportes outdoor é a Lafuma, com uma excelente linha de vestimenta e equipamentos dedicados à prática do montanhismo, trilha e caminhadas. Tanto em uma quanto na outra, você encontra equipamentos de sobrevivência para McGyver nenhum botar defeito.

Ah, ia me esquecendo: Apesar dos campos municipais, é na Esplanade des Invalides e no Jardin de Tuileries que muitos boleiros se reunem nas tardes de domingo.

Claro que em Paris existe uma infinidade de outras ótimas lojas de artigos esportivos, mas creio que talvez sejam essas as principais, de fácil acesso e onde você encontra tudo o que precisa.

Foto menor: Estátua em frente ao Hôtel de Ville vestida com o uniforme da seleção nacional de rugby, de Yolande Servisé 2007.

3 comentários:

Anônimo disse...

Bom! Vai ser util na minha Feira Multicultural.MAS não chegou a ser exelente mais vai servir. :|

Rapha disse...

Quais são os parques que as pessoas praticam exercícios, corridas em Paris?
Tem parques como o ibirapuera em SP? Ou existem vários locais? Quais são eles? Obrigada!

Dario Cordeiro disse...

Ótima escrita.