18 de março de 2009

Promenade Plantée

Um passeio muito bacana mas ainda pouco conhecido do turista que visita Paris é a Promenade Plantée, também conhecida na cidade como La Coulée Verte.

Trata-se de um jardim suspenso com 4,7 quilômetros de extensão que atravessa praticamente todo o 12° arrondissement. A grande particularidade desse jardim é que ele é totalmente montado sobre o trecho de uma antiga estrada de ferro desativada em 1969. Naquela época a estação terminal da linha férrea conhecida como Ligne de Vincennes ficava na Bastille, no local onde atualmente funciona a Opéra Bastille, ligando o quartier com La Varrene-Saint-Maur, local onde hoje funciona a linha A do RER.

Uma ferrovia abandonada? Não, belos jardins num corredor verde a mais de 9 metros de altura.

Mas foi em 1988 que a prefeitura de Paris em conjunto com a SEMAEST (Société d’Economie Mixte d’Aménagement de l’Est Parisien), transformou a antiga estrada de ferro nesta bonito passeio verde. A Promenade Plantée começa logo adiante do edifício da Opéra Bastille, seguindo pela avenida Daumesnil até o jardim de Reuilly - que é outro ponto do percurso muito procurado pelas pessoas em dias de Sol para um pique nique ou para botar a leitura em dia.

Aqui uma vista das roseiras da Promenade Plantée.

A Promenade Planté mostra uma paisagem bem diversificada em todo o seu percurso.

Sob as arcades do jardim suspenso funcionam diversos ateliers de arte, num trecho conhecido como Viaduc des Arts. Ali você encontra desde especialistas na criação de arranjos florais usados no mundo do espetáculo (Atelier Fleur d'art Guillet) até um mestre artesão que fabrica e restaura violinos e violoncelos (Roger Lanne Luthier). De decoração de porcelana pintada à mão (Atelier Camille Le Tallec), a tecidos dedicados à alta costura internacional (Tissus Malhia Kent).

O Viaduc des Arts sob as arcades do cinturão verde: arte de todos os tipos para todos os gostos e aplicações.

Dali o percurso segue posteriormente por entre túneis (como o da foto menor) e jardins até finalmente chegar em Porte Dorée e se juntar ao bois de Vincennes. Ao todo, mais de 3 hectares de belas paisagens com ciclovias, bancos para repouso e muito verde. Uma opção diferente para o seu passeio de final de semana.

Durante todo o percurso, não deixe de observar a arquitetura parisiense e os tetos da cidade.

Promenade Plantée
Metrô: Bastille linhas 1, 5 e 8, Gare de Lyon linhas 1 e 14, Montgallet linha 8 e Bel-Air linha 6

7 comentários:

Mariana disse...

olá daqui do rio, pierre,
me indicaram seu site hoje, adorei conhecer os caminhos que voce indica. que vontade que deu de estar aí para fazer esse passeio da promenade!
com tempo vou navegar mais pelo seu blog!

Jack Martins disse...

Ola Mariana, muito obrigado pelo seu comentario. Seja bem-vinda ao Viver Paris.

FZ disse...

Oi Jackson.

Não tem o que dizer desse lugar... O que me impressiona nesses jardins é o bom gosto do "paisagista", e o cuidado dos jardineiros.

Aqui na minha cidade, com as águas de Março fechando o verão, as praças estão com mato no joelho. E vão ficar assim por um bom tempo.

Obrigado mais uma vez pelos ótimos artigos...

F.

Cláudia disse...

Jack,achei lindas as fotos do Promenade Plantée,um lugar que sempre tive vontade de conhecer. Tinha me programado para ir quando fui ao Château de Vincennes, mas acabei demorando mais do que havia previsto e acabou ficando tarde. Essas fotos são recentes? Pergunto isso porque minha cunhada esteve nesse local faz uns dois anos e me disse que estava muito mal cuidado.
Por falar em descuido, ano passado eu fui conhecer a île des Cygnes e fiquei surpresa com o lixo e o mato que havia; coisa rara em se tratanto de Paris que mantém seus jardins impecáveis.

Jack Martins disse...

FZ, obrigado pelo comentario! Em toda a França a jardinagem é uma paixão nacional. Pena que no Brasil ainda não tenhamos desenvolvido essa tradição e ainda sejam poucos os espaços verdes em areas urbanas. A Promenade Plantée foi concebida pelo paisagista Jacques Vergely e pelo arquiteto Philippe Mathieux.

Claudia, as fotos são justamente de 2 anos atras. Estive la esta semana e por onde passei vi que estão cuidando bem do lugar. O grau de conservação de alguns parques e jardins pode variar segundo a época do ano.

Anônimo disse...

Jack,finalmente conheci o Promenade Plantée e o Viaduc des Arts.Gostei muito e você tinha razão; bem cuidado, um passeio bastante agradável .

Marcia Wanzeller disse...

Jack, sabe me dizer o horário de funcionamento do Promenade. Coloquei no meu roteiro para ir domingo a tarde, sabe se é tranquilo? Obrigado