6 de janeiro de 2009

Canal Saint-Martin

Um passeio que gosto de fazer em Paris e que recomendo para quem tem um tempinho de sobra na cidade é uma visita ao canal Saint-Martin.

O canal (que já havia aparecido na foto do dia do Viver Paris) é para ser apreciado sem pressa e num dia tranqüilo - de preferência ensolarado. Suas margens são alardeadas de árvores, praças e calçadões, ideais para uma caminhada em família, para momentos de contemplação, para namorar ou mesmo para curtir um livro. Em diversos pontos nas proximidades do canal você terá cafés e épiceries à disposição caso sentir fome ou sede.

Nesta foto do Emmanuel Legrand, uma vista do canal Saint-Martin nas proximidades da square Villemin.

O canal tem ao todo 4,55 quilômetros que se estendem ao longo do 10º e 11º arrondissements, e liga o basin de La Vilette e o canal de l’Ourcq ao basin de l’Arsenal (a marina de Paris) - ponto no qual o canal se comunica com rio Sena. A entrada do canal é formada pela dupla eclusa de La Villette, situada na praça de la Bataille-de-Stalingrad, perto da rotonde de La Villette.

Na entrada norte do túnel sobre o canal Saint-Martin existe uma praça bastante agradável para você recarregar suas baterias e relaxar a cabeça enquanto vê os barquinhos subindo o canal.

Inaugurado em 1825, o canal foi originalmente concebido para fazer a adução de água potável para abastecer a cidade. Em alguns pontos o canal é coberto: próximo ao boulevard Jules-Ferry, sob o boulevard Richard-Lenoir e finalmente sob a Place de la Bastille, de onde se abre para o basin de l’Arsenal. Se esses pontos cobertos do canal atrapalham o passeio? Não, de modo algum: nos pontos onde o canal se esconde, surgem bonitas praças e boulevares.

Ah, não precisa fazer cara de choro só porque começou a escurecer... Essa foto da Stéphane Touraine nos mostra que mesmo à noite o canal Saint-Martin é bonito até dizer chega.

Apesar de ser relativamente estreito em alguns pontos, o canal Saint-Martin é utilizado para navegação (inclusive turística), tendo em sua extensão 9 eclusas. E é mesmo divertido ver alguns barcos com as pessoas tomando sol no deck enquanto aguardam o enchimento das eclusas para seguirem subindo o canal.

Quem assistiu O Fabuloso Destino de Amélie Poulain deve se lembrar daquela cena na qual ela está sobre uma ponte do canal Saint-Martin fazendo as pedras ricochetearem na água.

Eu não disse? Olha lá a Amélie brincando de jogar pedrinha no canal.

Curiosidade: o canal inspirou Alfred Sisley em sua tela Vue du canal Saint-Martin à Paris, de 1870 - quadro que hoje faz parte do acervo permanente do Musée d’Orsay.

Caso você se anime a navegar pelo canal Saint-Martin ou pelos outros canais parisienses, um boa opção são os cruzeiros da Canauxrama, que é uma empresa especializada em realizar os passeios pelos canais da cidade. Os cruzeiros pelo canal Saint-Martin é um bonito passeio que dura aproximadamente 2h30 e conta um pouco da historia de Paris ao longo do percurso. Os passeios individuais custam 15,00€. De outubro a março você precisa fazer reserva pelo telefone 01 4239 1500. Astuce: comprando pela Internet o ingresso sai mais em conta (13,50€) e você tem 1 ano de prazo para usá-lo.

Canal Saint-Martin

Metrô: République linhas 3, 5, 8, 9 e 11, Goncourt linha 11 e Jaurès linhas 2, 5 e 7 bis.

5 comentários:

Cláudia disse...

Desde que assisti Amélie tive vontade de conhecer o Canal de Saint Martin.Só fui lá uma vez e acho que preciso ir de novo para tirar a má impressão.Vi muitos sem-teto dormindo em tendas na beira do canal e algumas pessoas não muito amigáveis.Era um dia de domingo,não sei se outro dia seria
melhor.

Paula Rigato disse...

LIndo... estou morando em Paris.. e hoje um colega me sugeriu o Canal para passear, eu também queria passar pelo mesmo lugar que a Amelie passou e fazer o mesmo com as pedrinhas... mas não achei o local! Adorei a descrição que você fez e as fotos! Vou voltar um dia a noite, deve ser maravilhoso!!! Um abraço

Jackson Martins disse...

Paula, se você esta morando em Paris o Canal é mesmo um local bem bacana para você visitar. Não chega a ser imperdivel para quem tem pouco tempo para conhecer a cidade, mas é mesmo supimpa para quem dispõe de mais tempo e ja conhece os pontos turisticos principais. O Canal fica numa região bastante simples da cidade, mas é um dos locais de Paris onde gosto muito de estar. Obrigado pelo seu comentario. Um abraço.

Anônimo disse...

Great work on the site design

Anônimo disse...

Oi, preiso de ajuda estou indo para Paris em maio, irei passar 5 dias e gostaria de saber se um hotel perto deste canal é uma boa localização. É a primeira vez que irei para Paris. Preciso de ajuda, caso contrario qual seria a opção de hospedagem?
Desde a agradeço atenção.