7 de janeiro de 2009

Viajando de trem a partir da França

A grande sacada para quem viaja de trem a partir da França é fazer bom uso do fator antecedência. O quanto antes você planejar sua viagem e comprar suas passagens, melhor. Praticamente em toda a Europa o planejamento antecipado da viagem costuma garantir uma boa economia no preço das passagens. Assim, você acaba sem muita dificuldade encontrando preços praticamente inacreditáveis, bastando para isso que faça sua compra com a devida antecedência.

Para viajar de trem a flexibilidade de horário também se traduz em economia. Algumas vezes num mesmo dia as passagens para um mesmo destino podem apresentar uma diferença de preço considerável. Fiz uma pesquisa rápida agora há pouco: o trecho Paris/Londres no dia 21 de janeiro custa 72,50€ no trem das 8h58. Para o mesmo trecho, no mesmo dia, ainda tinha lugares disponíveis por 38,50€ no trem das 9h07 - Hop! Nada mal economizar 34,00€ em 9 minutos... Ah, e jovens até 25 anos também se beneficiam de tarifas mais amistosas.

Também é importante que você verifique com atenção as condições de compra das passagens. Algumas tarifas promocionais excelentes são dedicadas exclusivamente aos bilhetes que não permitem troca ou reembolso posterior (billet non échangeable, non remboursable). Você fica sabendo as condições de venda já no momento da consulta de horários e tarifas no site da SNCF.

O interior de um TGV da SNCF: essa é a segunda classe de um dos trens mais novos da frota. Os mais antigos podem não ser ter um interior tão moderno, mas também são muito confortáveis.

A propósito, a SNCF é a empresa que administra e opera a malha ferroviária na França. O que causa certa dúvida para quem nunca viajou de trem na Europa é que na França você compra passagens pela SNCF, mas os trens de alta velocidade que vão para a Bélgica são operados pela Thalys, os trens para a Alemanha são da Deutsche Bahn, os que vão para a Inglaterra são da Eurostar... Independente do destino ou da companhia que opera o trecho no qual vai viajar, você pode comprar suas passagens diretamente na SNCF sem preocupação alguma - todas as companhias que passam pela França têm suporte integrado com a SNCF. Assim, você pode comprar ou trocar seus bilhetes, e mesmo comunicar algum eventual problema diretamente com a SNCF, mesmo que o trem no qual você vai viajar seja de uma companhia diferente.

A arquitetura de algumas estações de trem francesas impressionam: esta é a gare da cidade de Lyon.

Durante a compra pela Internet você pode escolher se deseja retirar suas passagens nas máquinas de auto-atendimento da SNCF que estão disponíveis nas estações de trem (gares) ou nos guichês da SNCF (também presentes nas gares) até o dia da viagem. Algumas vezes o site permite a impressão direta do bilhete, sobretudo para a tarifa ID TGV - mas isso não é regra. Os residentes na França ainda podem optar pela entrega das passagens pelo correio. Assim, se puder imprimir seu bilhete, imprima (nesse caso você deve apresentar um documento de identidade junto com o bilhete ao fiscal do trem durante a conferência das passagens - procedimento normal). Se não puder imprimir suas passagens, recomendo que escolha retirá-las diretamente nos guichês da gare. As máquinas de auto-atendimento são práticas, mas só funcionam bem para quem tem uma Carte Bleue (o cartão de crédito com chip padrão europeu). Para retirar os bilhetes nos guichês SNCF você precisa levar o cartão de crédito no qual fez o pagamento pela Internet e um documento de identidade.

As máquinas de auto-atendimento disponíveis nas gares servem para realizar compras, retiradas e trocas de passagens. A azul serve para o TER, o trem que atende as linhas regionais de curta distância; a amarela é a do TGV.

Muitas promoções de última hora também costumam aparecer no site da SNCF quando um determinado trem não fica completo. Mas aconselho não arriscar - pode até ser muito útil se você não tem horários a cumprir nem um plano específico de viagem, mas depender disso pode complicar a vida de quem tem compromissos agendados ou um roteiro a seguir. Se no site aparecer a primeira classe mais em conta que a segunda para o trecho que você quer viajar, não desconfie - compre. Lugares na primeira classe do TGV são disponibilizados a preços menores que os da segunda quando as vendas dessa categoria estão em baixa. Algumas vezes a grande procura pelas passagens na segunda classe acaba deixando a primeira vazia. A SNCF nesses casos reduz o preço da primeira classe - mas também não há regra para isso.

Os trens TER da SNCF são destinados às viagens regionais de curto percurso.

O roteiro simplificado para a compra de passagens de trem que eu recomendo é o seguinte:

1. Pesquisar a disponibilidade de preço e horário da sua passagem no site da SNCF;
2. Escolher a melhor opção que atenda às suas necessidades com a maior antecedência possível;
3. Comprar o bilhete;
4. Escolher entre a impressão dos bilhetes, entrega pelo correio (para os residentes na França), retirada nos guichês da SNCF ou retirada nas máquinas de auto-atendimento (para quem tem uma Carte Bleue com chip);
5. Validar o bilhete nas maquininhas amarela que ficam na entrada de cada plataforma antes de embarcar. Basta ver como o pessoal esta fazendo na hora do embarque e fazer igual;
6. Apreciar a paisagem e fazer uma boa viagem.

Antes de embarcar você deve validar sua passagem nas máquinas de compostagem que ficam na entrada das plataformas. As vermelhinhas (instituídas nos anos 80) foram substituídas em 2004 pelos modernos 'composteurs' amarelos.

Ah, excelentes promoções de passagens aparecem na seção Bons Plans do site da SNCF. Porém, esses descontos estão condicionados a datas e horários específicos - e costumam esgotar rápido. Portanto, consulte sempre a seção Bons Plans da SNCF para ver se a passagem que serve para você figura na tarifa promocional.

Um lembrete importante: ao viajar de trem (sobretudo para fora da França), não se esqueça de levar o passaporte. Para a Inglaterra você passa pelas autoridades inglesas já na gare em Paris, antes mesmo de embarcar. Para a Alemanha, por exemplo, a fiscalização acontece dentro do trem - portanto, não se assuste se um policial pedir seu passaporte durante a viagem: é um procedimento normal.

Mesmo que você ainda não tenha certeza da data da sua viagem, vale a pena consultar o site da SNCF para fazer algumas simulações sem compromisso, só para testar a interface do site e ver como o sistema funciona. A título de curiosidade coloquei no artigo os links para todas as companhias de trens mencionadas, mas você vai precisar apenas do link da SNCF (www.voyages-sncf.com/).

10 comentários:

Edmilson Siqueira disse...

E aí, Du, tudo bem?
Ótimas as dicas sobre viajar de trem na França. Aliás, isso é bom na Europa quase inteira. Fui de Montpellier a Paris no TGV, em 2001e, em 2007, de Lisboa a Porto, no rápido português. Ótimas viagens, serviço excelente, horário cumprido, etc. E pensar que o Brasil, com exceção da velocidade, já teve um serviço assim...
Grande abraço,
Edmilson.

Cláudia disse...

Ótimas suas explicações,super esclarecedoras.
Ano passado comprei o trecho Amsterdam-Paris com um ótimo preço.
A 2ªclasse era 25 euros e a 1ª 65 euros.Como nunca viajo de trem (sempre faço o Leasing da Renault)não sabia deste detalhe de validar o ticket,mas felizmente não foi preciso.Imprimi a passagem com um código de barras em casa e só tive de mostrá-la a um fiscal durante a viagem.

Marcio disse...

Complementando minha mensagem anterior.

Reparei no meu bilhete que esta escrito: Ce titre est dispensé de compostage

O que quer dizer? Não precisa validar? Como proceder?

Se puder peço a gentileza de responder pro meu email marcio.yamauti@uol.com.br

Grato.

PS: O blog é demais!

===============
Olá, muito boas as dicas!
Tenho algumas duvidas.

Consegui comprar o bilhete no site da SNCF, e imprimi.

- Para validar, é só passar o codigo de barras quadradinho na compostage amarela?

- Vou ficar hospedado perto do metro Anvers / estação Gare du Nord. Como chegar a estação Gare de Lyon? Tenho que pegar metro na propria Gare du Nord até a estação de trem Lyon? Olhando pelo mapa do metro, o trem passa da Gare du Nord até o Lyon ?

Grato.

Jack Martins disse...

Oi Mauricio, obrigado pelo comentario! As respostas às suas perguntas seguem pelo e-mail indicado. Abraço.

ale disse...

oi pessoal eu vou pra frança em julho e pretendo ir de trem para londres. alguem poderia me informar se para passar pela imigração inglesa na gare du nord é preciso ter reserva de hotel em londres alem do passaporte ?? obrigado!!

Jack Martins disse...

Boa tarde Ale. Sim, os oficiais ingleses do controle de imigração na Gare du Nord são muito rigoros. Além do passaporte você vai precisar apresentar a reserva de hotel no qual vai se hospedar em Londres e ainda a passagem de volta. Algumas vezes também pedem um seguro de viagem, mas isso é menos frequente. Recomendo que você chegue com antecedência para o embarque, pois todo esse rigor no controle toma tempo e vai exigir um pouco de paciência. Um grande abraço e obrigado pelo seu comentario.

ÉDNA disse...

Vcs sabem me informar quanto tempo antes o site da SNCF permite compras?
Tentei comprar hoje uma passagem para agorato/2011.
Mas o site informava que havia ocorrido um erro, não concretizando a compra.
Desde já agradeço.

Tauanne disse...

Eu não consegui comprar as passagens de trem pelo site (www.voyages-sncf.com/)
Eles dizem q meu pagamento foi recusado (tentei tanto visa quanto mastercard), não é problema de limite do cartão e ele está liberado para compras internacionais.
vc soube de algo assim? com qual cartão pagou?

TNC disse...

Olá....

Tambémm estou para comprar um ticket pela SNFC para viagens de trem na França pelo site http://www.voyages-sncf.com. Gostaria de saber se é necessário fazer reserva. Pagarei algo além do que foi pago no site? Mesmo para os tickets promocionais?

Sou leigo em viagens, por esta razão estas informações (e outras importantes que puder dar) são de grande ajuda.........um grande abraço.

andreza disse...

Olá, eu também não estou conseguindo comprar passagens pelo site da sncf, no final diz que a compra fou recusada e que devo tentar novamente. Tenho cartão visa e master internacional. Sabem como posso resolver?