20 de outubro de 2008

Troy Henriksen na avenue George V

Lembra daquele post do ViverParis! da semana passada sobre o Happening Disney em Paris com o pintor, poeta e artista auto-didata americano Troy Henriksen? Pois bem, como eu não consegui ver o artista trabalhando na estação Saint-Augustin do metrô, dei uma passada por lá no final de semana para conferir o resultado - e ficaram mesmo muito legais os painéis publicitários da plataforma decorados com as obras originais que Henriksen criou para promover o Halloween da Disneyland Paris.

No sábado, fui até a esquina da avenida George V com a rua Françoise I para vê-lo em pleno exercício da profissão e da expressão artística. Em meio as diversas aboboras que decoravam a calçada, o artista pintou várias obras durante todo o dia. Troy Henriksen é a pesonificação da simpatia: entre um intervalo e outro dava atenção a quem queria conversar com ele, tirava fotos com as pessoas e autografava livros e pôsteres que os fãs levavam.

As ilustrações foram colocadas nos painéis publicitários rotativos da avenida George V à medida em que iam ficando prontas. Os painéis do metrô ficaram expostos somente no final de semana, mas as obras da charmosa avenida parisiense ainda podem ser vistas até o dia 4 de novembro. Devido à sua localização estratégica, essa forma inusitada de promover a temporada de Helloween da Disney deve ser vista por mais de um milhão e meio de pessoas.

Fotos: Troy Henriksen durante a pausa atender os fãs na avenue George V; três dos cinco painéis que ele pintou na estação Saint-Augustin; o artista criando em meio aos olhares curiosos dos pietons.

Para saber mais: http://www.galeriew.com/

2 comentários:

Anônimo disse...

Aprendi a muito tempo atrás que arte não se comenta, mas aqui em São Paulo tem coisa muito parecida...pergunta de leigo: existe algum tipo de tendencia para este tipo de traço e desenho? tenho visto em NY tambem alguma coisa semelhante, mas certeza que não é do mesmo artista.
Tenho certeza que Mondrian passou o mesmo com aqueles quadrados coloridos...rsrsrsrsrrsrsrs

Jack Martins disse...

Estimado(a) leitor(a), apesar de gostar bastante de arte também sou leigo no assunto e estou longe de conhecer esse tema o quanto gostaria - minha cara de "?!" diante das obras do Pompidou me denunciam de longe. Mas ja ouvi se referirem ao trabalho desse artista como street art que utiliza técnica mista - no mesmo trabalho ele usa diferentes tipos de tinta e técnicas, além da colagem de gravuras impressas. O artista chegou sim a fazer algumas exposições em NY, mas até onde eu sei foram apenas em galerias de arte. Ele ja havia feito trabalho semelhante ao de Paris nas ruas de Boston, no periodo em que viveu por la ainda em inicio de carreira - ele ja vive na França ha 10 anos. Espero ter ajudado apesar da minha resposta limitada.
Um forte abraço. Muito obrigado pelo comentario e por acompanhar o blog!