21 de outubro de 2008

Albergue Espanhol

Albergue Espanhol (França, 2002) é um dos meus filmes preferidos do diretor Cédric Klapisch - o mesmo de Paris e Bonecas Russas (a continuação de Albergue Espanhol). O filme conta a história do jovem parisiense Xavier (Romain Duris), que decide passar um ano estudando na universidade de Barcelona para aprender espanhol, visando na volta conseguir um cargo no Ministério das Finanças em Paris através da influência de seu pai.

Recém chegado a Barcelona, Xavier acaba por dividir um apartamento com estudantes vindos de diversos países da Europa, como Alemanha, Dinamarca, Espanha, Itália e Inglaterra. E é justamente a convivência cotidiana de pessoas com costumes tão diferentes a grande graça do filme. Mas além de ser um filme engraçado sobre confusões culturais, Albergue Espanhol é um filme sensível e tocante sobre amizade, respeito e descoberta - as novas experiências vividas na Espanha e o constante aprendizado sobre as peculiaridades de cada cultura representada naquele pequeno apartamento, servem também para Xavier conhecer melhor a si mesmo.

Aqui na França, Albergue Espanhol é uma expressão que usamos para designar um lugar onde vamos ficar mas que originalmente não dispõe de nada, apenas o que levamos por conta própria - mesmo que seja apenas nossos costumes e a vontade de conviver, aprender e experimentar. O filme se passa na maior parte do tempo em Barcelona, mas mostra muito do estilo parisiense através de Xavier - além de ter algumas cenas memoráveis rodadas em Paris, como a lembrança do primeiro beijo do personagem, se equilibrando como pode na calçada mais estreita da cidade. A propósito, é Audrey Tautou (a eterna Amélie Poulain) quem faz o papel da namorada de Xavier no filme.

Quem assiste Albergue Espanhol acaba ficando também amigo e se identificando com cada personagem - e sabe que irá sentir se, no final, tiver que deixá-los para trás. Apesar de tratar a diversidade cultural, o filme consegue deixar claro que cada pessoa é um indivíduo único, independente de onde venha, deixando de lado a velha fórmula do uso e abuso de estereótipos. Um filme que mostra como poucos que a verdadeira amizade não conhece fronteiras.

video

Ah, quer saber onde fica a calçada mais estreita de Paris? Na rue d’Orchampt em Montmartre.

Na Fnac: L'Auberge Espagnole

nouveautesdvd_120x60

Nenhum comentário: