27 de novembro de 2008

Le Coupe-Chou

Um restaurante que recomendo que você conheça em Paris é o Le Coupe-Chou (que em português significa “O Corta-Couve”). Pequeno e autêntico, o restaurante oferece além da boa comida aquela agradável sensação de estarmos vivendo em uma outra época. A hera que cresce ao longo da fachada, a bonita decoração interior, as pedras aparentes e o fogo da lareira aquecendo o ambiente fazem dele um dos restaurantes mais aconchegantes da cidade - em minha opinião, claro. O ambiente montado dentro de uma antiga mansão do século XIV é bem simples e descontraído, dando a impressão de que você está na sua própria casa.

Portanto, uma vez lá dentro, dá quase para esquecer que você está num restaurante. A cozinha cuidadosa é tradicional francesa, com destaque para o magret de canard aux pêches (peito de pato com pêssego) e o carré d’agneau (costela assada de cordeiro). Os preços ficam entre 18,00€ e 32,00€ o menu completo por pessoa (entrada, prato principal e sobremesa). O restaurante é completamente 'não-fumante'.

Não, não é uma casa de campo nos Alpes: é o bonito interior do Le Coupe-Chou, no coração da Cidade-Luz

Recomendo apenas que você evite-o no jantar de sábado, quando o restaurante fica cheio e o serviço impossibilitado de dar a costumeira e dedicada atenção aos clientes. Ideal para ocasiões especiais ou um romântico jantar a dois na autêntica Paris de outros tempos.

Restaurant Le Coupe-Chou
9-11 rue de Lanneau
Tel.: 01 4633 6869
Metrô: Maubert-Mutualité linha 10

3 comentários:

Anônimo disse...

Realmente,este é o meu preferido em Paris.A comida francesa(maravilhosa),o ambiente , o atendimento e o preço claro!.Esta indicação vale ouro!!!

Marco disse...

Fui ao coupe-chou na noite de natal. A casa estava cheia e o atendimento péssimo. Pedi para trocar de mesa e a recepção foi super rude. Mal educada mesmo! A comida, razoavel, não justificou os 60 euros cobrados.

Jackson Martins disse...

Uma pena que sua visita ao Coupe-Chou tenha sido frustrante, Marco. Ainda mais na noite de Natal. Agradeço o seu comentário e o registro de suas impressões pessoais sobre o local aqui no blog. Essa troca de experiências é sempre bem-vinda e certamente será de utilidade aos demais leitores. Um grande abraço